Como criar um Blog de sucesso em WordPress? (2020)

Apesar de parecer uma tarefa extremamente complexa, criar um blog em WordPress, é algo relativamente simples. Vou mostrar em detalhes todos os passos necessários de como criar um blog em WordPress, desde a contratação de domínio até a publicação do seu primeiro artigo.

Antes de começar com a mão na massa, é importante que já tenha em mente quais seus objetivos com um blog, definir seu nicho, o nome do blog e as possibilidades de domínios disponíveis.

Por qual motivo criar um Blog?

Criar um Blog pode ser algo tanto profissional, quanto pessoal. Tudo depende das suas motivações, desejos, hobbies e se quer monetizar seu blog.

Entretanto, independente do motivo pelo qual você escolher criar um blog, uma coisa é certa, um blog vai gerar muita visibilidade e é importante ter uma boa estratégia para saber o que fazer com essa visibilidade.

Outro ponto importante é produzir conteúdo original e de valor, que cause boa impressão aos visitantes e que faça eles sentirem vontade de compartilhar com outras pessoas.

Particularmente, acredito que criação de conteúdo de modo geral, envolve três coisas importantes que aprendi em um treinamento extremamente útil. Você precisa de PHD, que basicamente é fazer algo que você tenha PAIXÃO, mas que também tenha muita HABILIDADE e essas duas coisas juntas possa de alguma forma, transformar seu conhecimento em DINHEIRO.

Nome e domínio para o seu Blog

Como criar um blog

A primeira coisa a se fazer é definir um nome para o seu blog e escolher um domínio. É importante que o nome do seu domínio reflita no nome do seu blog, para não gerar nenhum tipo de confusão com sua audiência.

Você pode buscar inspiração com seus concorrentes, pesquisando alguns blogs do nicho que deseja, e dessa forma descobrir como você poderá chegar a um nome interessante e atraente para a audiência que pretende alcançar.

Você pode ver algumas ideias através de um gerador de nomes para blogs clicando aqui. Através deste site, você pode colocar palavras relacionadas ao seu nicho e ele te dará algumas opções de nomes bem interessante. Este Blog por exemplo, recebeu seu nome aproveitando algumas dicas do site.

Registrando seu domínio e contratando uma hospedagem

Para registrar seu domínio é necessário escolher qual extensão você deseja usar, a depender da sua estratégia, pois existem inúmeras opções, para os mais variados tipos de negócios.

Apesar de existir centenas de possibilidades, por se tratar de um blog, recomendo apenas quatro opções: .com, .br, .blog e .blog.br.

O processo de compra do domínio e contratação de hospedagem é bem simples e a maioria das empresas de hosting, oferecem domínio gratuito na compra de uma hospedagem, normalmente em pacotes anuais.

Para os domínios com extensão .br, você poderá efetuar o registro através da Registro.br, que é a empresa responsável por registros .br no Brasil.

Caso seu seu domínio esteja disponível para registro, aparecerá uma mensagem como na imagem abaixo.

Registro de Domínio

Feito isso, basta fazer seu cadastro, com todos os dados pessoais solicitados e em até 24 horas seu domínio estará pronto para ser hospedado.

Para os domínios .com você pode fazer a compra e contratação de hospedagem diretamente na empresa de hosting de sua escolha, mas lembre-se sempre de considerar alguns pontos importantes antes de fazer a contratação de uma hospedagem.

Fatores importantes a se considerar

Armazenamento

É importante saber se o armazenamento de dados da hospedagem é ilimitada ou existe limite. Se existir limite, isso não é exatamente um problema, pois depende do tamanho do seu blog.

De início, recomendo que teste hospedagens mais baratas e que tenha limite de dados, pois isso aumenta muito o custo de hospedagem. Conforme seu blog for crescendo, você faz a migração para uma hospedagem que comporte a quantidade de arquivos que seu blog possui.

Capacidade de Tráfego

Outro ponto importante é sobre a quantidade de tráfego suportada. Imagine que seu blog esteja recebendo um tráfego mensal de 10.000 acessos, e sua hospedagem esteja aguentando bem toda essa demanda. Entretanto, você publicou um artigo que se tornou viral e tem sido muito compartilhado e algumas semanas depois começou a receber demandas superior a 50.000 acessos mensal.

É comum seu site começar a cair e ficar lento, pois sua hospedagem não estava preparada para este pico de tráfego extremamente alto.

Desta forma, é importante saber qual a quantidade de visitas que sua hospedagem está oferecendo no momento da contratação.

Avaliação de Desempenho

Sem dúvida nenhuma, a maior prova de que um serviço é realmente bom, é quando ele tem muitos clientes e poucas reclamações. Procure em lugares como o Reclame Aqui para avaliar o que os clientes tem falado dela.

Outra fonte de informação muito relevante, são os comentários nas redes sociais da empresa. Nesses casos você pode até interagir com outros usuários e entender melhor a qualidade do serviço.

Opções de Hospedagens

Para poder ter uma noção de opções de hospedagens, separei aqui três opções excelentes e com preço atrativo, que realmente cabe no bolso.

Hostinger

A Hostinger está entre as empresas mais conhecidas do mundo no mercado de hostings. No Brasil, atua também como a empresa Weblink.

Estando no mercado desde 2004, a empresa conta com planos extremamente vantajosos.

No Plano WordPress Starter, por exemplo, o valor da hospedagem pode chegar a R$7,99 por mês, dependendo da periodicidade, além de garantir um domínio grátis a partir do plano anual. Além de todas as vantagens que a Hostinger entrega, você pode utilizar todos os serviços por 30 dias e se não estiver satisfeito, eles devolvem o seu dinheiro.

Confira abaixo os planos ofertados em 02/09/2020.

Hostinger

Hostoo

A Hostoo é uma empresa de hosting brasileira, que atua no mercado a pouco mais de dois anos e já conta com milhares de feefbacks positivos.

São inúmeros pontos positivos, como a não necessidade de planos anuais, pois, de modo geral, a empresa atua com a opção de crédito. Nesse cenário você opta por um plano e partir daí, você decide quanto quer colocar na sua hospedagem, respeitando sempre o valor mínimo, podendo acompanhar o custo diariamente.

Confira os planos atuais da Hostoo.

Hostoo

Clique aqui e ganhe R$14 reais para testar a Hostoo por até 2 meses gratuitamente.

Umbler

A Umbler, é muito semelhante a Hostoo, pois também oferece a opção de crédito para a sua hospedagem, não necessitando a contratação de um plano longo, que muitas vezes pode ser uma dor de cabeça, caso queira trocar futuramente.

Dê uma olhada nas opções da Umbler para hospedagem.

Umbler

Clicando aqui, você terá direito a um teste grátis de 7 dias, usando todas as funções da ferramenta, exceto o registro de domínio.

Configurando seu Blog

A configuração do blog pode ser muito simples, visto que a maioria das hospedagens oferecem uma opção de instalação do painel do WordPress em apenas um clique.

Para demonstração, usaremos o painel da Hostoo para a instalação e dessa forma, de fato vermos como criar um blog.

Como criar um blog

Como criar um Blog WordPress através do painel da Hostoo

Se você acha que é muito difícil configurar seu painel WordPress, a Hostoo veio para mostrar que a vida pode e deve ser descomplicada, principalmente para aqueles que não manjam de programação, como no meu caso.

O painel da Hostoo facilita muito e você ficará apenas com a missão de entender como criar um blog dentro do painel WordPress.

A empresa simplificou todo o trabalho duro com bots e inteligência artificial, e assim toda a parte de configuração de banco de dados e criação de senha e login, necessários para colocar seu site em WordPress, são gerados automaticamente.

Veja o vídeo abaixo e entenda o processo de instalação em um clique:

Instalando o WordPress manualmente

Se sua hospedagem não oferece a opção de instalação em um clique, será necessários fazer todo o processo manualmente. Nesse sentido, fica um pouco mais difícil, mas ainda assim, dá pra começar a criar um blog sem muitos problemas.

01. Faça o download do WordPress clicando aqui. Um arquivo zip será baixado e você deverá descompactá-lo em uma pasta do seu computador.

02. Você poderá criar seu banco de dados através do MySQL Database Wizard. Para isso vá até seu painel Hostoo, clique em banco de dados e depois em adicionar banco de dados. Insira as informações solicitadas e salve seu banco de dados. Se você utiliza cPanel, vai até a opção create a database”, depois em “create database users” e, por fim, em “add user to database”.

03. Agora é só subir seus arquivos extraídos na opção 01. Para isso é necessário o uso de um cliente FTP.

04. Tudo pronto. Com os arquivos já instalados, basta abrir uma guia no navegador que você usa habitualmente e acessar o endereço de acordo com o domínio contratado, podendo ser algo parecido com “seudominio.com/wp-admin/install.php”.

05. Na tela que surge você precisará inserir um nome de usuário, o nome do seu blog, além de e-mail e senha. Feito isso você será redirecionado para o painel do WordPress.

Por dentro do Painel do WordPress

Ao acessar o painel, dá a impressão de algo extremamente complicado, mas com o tempo, descobrirá porque o WordPress é o CMS mais utilizado no mundo para criar sites e blogs incríveis. A partir de agora você já verá como criar um blog, pode ser algo realmente simples.

Wordpress

Menu Lateral

No menu lateral é onde fica todas as informações necessárias para a gestão do seu blog. A partir dele você fará toda as alterações necessárias para o seu blog chegar na aparência que deseja e publicar seu conteúdo.

Painel

Dentro desse painel, você encontrará as informações de forma resumida, como atalhos para personalização do blog, diagnóstico do seu blog e atividades recentes. Você pode editar o que quer que apareça neste espaço através da “opção de tela”.

É neste painel que você também verá todas as atualizações necessárias para seu blog rodar de maneira segura. As atualizações de plugins, temas e do próprio WordPress serão destacadas nesse local.

Posts(Artigos)

Os posts ou artigos do seu blog serão gerenciados a partir daqui. Nesta opção você verá seus posts publicados, adicionar novos e controlar as categorias e tags para facilitar seu posicionamento na SERP.

Mídia

As mídias que você utilizar no seu blog, imagens e vídeos serão vistos por aqui. Você inclusive pode reduzir o tamanho da imagem para que ela não use tanto espaço em disco, melhorando o desempenho do blog.

Páginas

As páginas do seu blog, como a Home, Sobre e Contato, serão inseridas nesta opção. Você as criará para que os visitantes do seu blog conheça um pouco do seu trabalho e tenham uma opção de entrar em contato, por exemplo.

Comentários

Para evitar SPAM, o WordPress permite que você faça a gestão dos comentários através desta aba. Aqui você pode autorizar ou não um comentário.

Aparência

A partir daqui, você irá atualizar toda a aparência do seu blog, de acordo com as opções oferecidas pelo tema escolhido. Você irá customizar seus menus, widgets, cabeçalho e rodapé.

Plugins

Todos os plugins necessários para o seu site ser o mais atraente possível, além de seguro e otimizado, serão adicionados e gerenciados neste espaço.

Usuários

Por padrão, você será o administrador do seu blog, mas se deseja que alguém crie seu conteúdo, pode dar a essa pessoa acesso de editor, com permissões limitadas, através da aba usuários.

Ferramentas

Aqui é um espaço onde você poderá fazer alguns controles do seu site, como exporta-lo, caso deseje fazer uma migração de hospedagem, por exemplo;

Configurações

Nas configurações, é onde você começa a deixar seu site com a aparência que desejar. Aqui você opta por deixar a data e hora do seu blog, como preferir. Configurar se seu blog terá uma página estática(Home) ou se será exibido já a página de artigos.

Passos importantes antes de começar a criar um blog

Alguns passos são importante antes de começar a de fato criar um blog, para que ele não seja publicado com uma aparência nada satisfatória para a sua audiência.

Para isso, é importante ter um bom design, otimizado e responsivo para Smartphones, além de plugins essenciais para que tenha um bom desempenho de PageSpeed.

Escolha do Tema

O WordPress possui uma biblioteca gigante, com milhares de temas gratuitos e premium, e escolher um pode ser um problema. Por isso, sempre pesquise temas semelhante aos que seus concorrentes estão usando. E claro, não esqueça de observar se o tema escolhido é compatível para blog.

A seguir vou falar sobre dois temas gratuitos e dois temas premium que você pode utilizar em seu blog, mas há muitas outras opções no mercado.

Temas Gratuitos

Por mais que sejam gratuitos, esses dois temas são extremamente usados em todo o mundo, exatamente por terem muita coisa em sua versão free.

O primeiro da lista, é o OceanWP, um dos melhores temas grátis da atualidade e que conta com mais de 600.000 instalações ativas.

É um tema elegante, leve e compatível com praticamente todos os construtores de sites, como o Elementor.

O próximo tema, é o Astra, ativo em mais de 1 milhão de sites, está entre os mais completos temas grátis para WordPress.

Um ponto positivo para esses dois temas certamente é a quantidade de recurso oferecidos numa versão free, mas se você desejar ir para um nível mais alto futuramente, terá que desembolsar uma quantia considerável, levando em consideração que os temas são vendidos em dólar.

Os preços variam de US$29 a US$47, para um plano anual. R$155 e R$250 na cotação atual, em 02/09/2020.

Temas Premium

Agora vamos considerar dois temas premium, ou seja, não oferecem uma versão free, mas que tem um custo muito mais em conta considerando o valor das versões premium dos citados acima.

O primeiro tema, é o que está sendo usado neste blog no momento. O tema Wolf WP deu as caras em 2018 e se tornou um dos temas brasileiros mais queridos, com mais de 6.000 instalações ativas, além disso, você conta com um treinamento completo para desenvolver seu blog.

Ao adquirir o tema, você paga por ele uma única vez e se quiser continuar recebendo as atualizações, paga um valor anual, muito abaixo do valor de compra.

Sem dúvida é um dos temas premiuns mais completos do mercado, com um excelente custo/benefício.

Outro tema premium também muito conhecido, é o tema Avenger. Este tema conta com inúmeras instalações e avaliações positivas, que garante o bom serviço que é prestado. Além de tudo isso, ambos oferecem um suporte excelente.

Plugins

Alguns plugins são extremamente importante para iniciar seu blog e produzir seu primeiro post.

Vou listar os mais essenciais e explicar o que cada um faz.

  • Elementor: A depender do seu tema, você precisará instalar um construtor de páginas. O mais conhecido de todos é o Elementor. Se preferir, pode utilizar o construtor nativo do WordPress, mas inicialmente pode ser bem difícil utiliza-lo.
  • Contact Form 7: Para que seus visitantes possam entrar em contato, é importante que seu blog tenha uma aba de contato com um formulário para isso.
  • Rank Math SEO: Para que seu site seja visto, é importante que ele seja indexado pelos buscadores. Este plugin indicará o que precisa fazer para melhorar sua posição na SERP.
  • The GDPR Framework By Data443: As leis de processamento de dados, LGPD, do Brasil e GDPR, da União Europeia, definem que um usuário possa controlar os dados que são usados em sites. Este plugin ajuda a manter seu site em conformidade com a lei e evitar problemas futuros.
  • WP Auto Terms: Outro ponto importante para manter seu site em conformidade, é a existência de uma página de Política de Privacidade, deixando claro os dados que são capturados dos seus visitantes.

Produzindo seu primeiro artigo

Agora que seu blog está com o design pronto, com os plugins instalados, é hora de começar a publicar seu conteúdo.

Para criar seu primeiro artigo, basta clicar em Posts>>Adicionar novo e uma tela como esta se abrirá.

Como criar um Blog de sucesso em WordPress? (2020)

A primeira coisa a se fazer, é definir um título para o seu artigo. E se construir o seu blog até aqui pareceu difícil, tenho uma notícia não muito boa, escrever para um blog é muito mais, principalmente pelo fato de ter um monte de gente fazendo o mesmo que você. Então, vamos as dicas para facilitar o caminho.

Para definir seu título, defina sobre o que quer escrever, anote algumas palavras e use uma ferramenta como a ubersuggest, para descobrir o que os outros estão escrevendo sobre o tema que você escolheu.

Após fazer isso, vai conseguir ver o que os artigos melhores ranqueados tem, então, produza algo melhor e mais detalhado.

Para inserir imagens, ou incorporar um vídeo ao seu blog, basta usar o botão “+”, como na imagem acima e procurar a opção que deseja.

Finalizado o artigo, verifique as pontuações de SEO, faça uma revisão do seu texto e certifique-se de que seu link permanente não esteja muito grande ou com detalhes que futuramente podem impedir você de editar seu artigo, pois pode afetar suas posições no Google.

Conclusão

Criar um blog pode parecer difícil no início, mas com o tempo a escrita vai melhorando, você começa a gostar de falar sobre o que sabe, e em pouco tempo estará se viciando e querendo compartilhar mais do seu conhecimento.

E a parte mais interessante de se ter um blog, é poder adaptar um conteúdo para a sua realidade, aproveitando algumas ideias e experiências para dar alguma dica a sua audiência.

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário e compartilhe para que mais pessoas também possam começar a criar um blog de sucesso.

[E-Book Gratuito] 3 Passos Rápidos Para Vender Como Afiliado

[E-Book Gratuito] 3 Passos Rápidos Para Vender Como Afiliado

Baixe seu E-book gratuitamente e saiba de maneira rápida como se tornar um afiliado.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Leonardo Silva
Leonardo Silva

Empreendedor Digital e criador do Blog Liberdade Digital

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.